sexta-feira , 18 agosto 2017
Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / O FATO E A FOTO / Transporte coletivo em Macapá: tarifa sobe 18% e mais uma vez por decisão judicial

Transporte coletivo em Macapá: tarifa sobe 18% e mais uma vez por decisão judicial

O valor da passagem sai de R$ 2,75 e vai para R$ 3,25%. As indecisões administrativas e políticas não saíram e, por isso, saiu a judicial.
Juiz da 2.º Vara Cível e de Fazenda Pública da Comarca de Macapá aceitou o pedido dos empresários de ônibus e decidiu, na sexta-feira, dia 14, pelo reajuste da passagem de ônibus em Macapá dos atuais R$ 2,75 para R$ 3,25 atendendo a um pedido dos empresários do sistema de transporte coletivo da Capital.
O novo valor da tarifa passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira, dia 17. A decisão foi proferida pelo juiz Mário Mazurek em ação que tramitava na 2ª Vara.
A judicialização do aumento do valor no transporte coletivo foi conduzido pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap), que questionava a indefinição sobre o assunto, tendo em vista a planilha aprovada pelo Conselho Municipal de Transporte que indicava a necessidade.
Os empresários alegam o aumento no valor de insumos como combustível e peças, além do reajuste salarial de 8,5% dado aos trabalhadores rodoviários para justificar a mudança no preço da passagem. A proposta inicial de nova tarifa era de R4 3,40.
De acordo com o Setap, que se pronunciou através de nota, a tarifa passa a vigorar na próxima semana e se manterá até a discussão do mérito, onde é apontado o valor R$ 3,40.
O Sindicato das empresas diz também concordar que ainda existem muitos investimentos a serem feitos no sistema, mas que eles só podem ser alinhavados a partir da discussão tarifária, pois todos os custos do sistema estão contidos neste cálculo.
O sindicato ressalta ainda que Macapá é uma das cidades com as tarifas mais baratas do país, mesmo após o reajuste.

Foto 2

Faz algum tempo que o preço da passagem de ônibus é corrigido pelos agentes da Justiça Estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*