terça-feira , 27 junho 2017
Últimas Notícias
Você está aqui: Capa / Colunistas / PRINCÍPIOS FORTES

PRINCÍPIOS FORTES

Todos ficam animados, o ambiente geral muda, parece que o ar fica mais agradável quando a população se depara com uma novidade para a cidade, principalmente quando é uma novidade tão esperada.
Faz tempo que a população reclama das luminárias da iluminação pública, completamente apagadas e sem saber se, um dia se teria a oportunidade de ver o trabalho sendo realizado com responsabilidade e presteza, zelando pela contribuição que todos os meses estão na conta de energia para ser pago pelo consumidor.
Apesar de ser uma obrigação que está na Constituição Federal e no Código Tributário Nacional, a Contribuição para Iluminação Pública ao longo do tempo vinha sendo arrecadada pela Companhia de Eletricidade do Amapá e quase sempre era utilizada para o confronto de contas puxadas pela CEA, pouco importando se a população seria ou não prejudicada.
O prefeito da Capital está disposto a dar uma resposta positiva para a população da cidade, fazendo o melhor, mesmo que para isso tenha que reestruturar a própria administração municipal e executar os serviços, seja por administração direta ou através de empresa especialmente contratada para trabalhar exclusivamente com a iluminação pública.
Claro que tudo não será feito de uma hora para outra, é preciso eleger prioridades a partir dos locais onde haja o espaço democrático para o lazer e o entretenimento e a orla do bairro Santa Inês é perfeita para a largada dos serviços.
São muitos os munícipes que usam aquela orla para fazer as suas caminhadas, suas corridas ou simplesmente fazer uma plataforma de onde poderá, a qualquer hora e sem nenhum risco, apreciar o por do sol, ou o movimento das nuvens marcadas pela beleza da lua cheia.
O prefeito Clécio Luiz, pessoalmente, está participando dos primeiros trabalhos. Quer que os executores dos serviços entendam que se trata de um programa importante para a atual administração e o resultado tem que ser do agrado da população.
Pode estar ai sendo retomado o caminho para que a cidade volte a orgulhar os seus habitantes, atrair os visitantes e, quem sabe, ser uma referência regional e nacional como já foi um dia quando recebeu o codinome de Cidade Joia da Amazônia.
Entender esse momento é preciso, para poder compreender o que uma administração estruturada em princípios fortes e séria quando cuida do erário pode fazer para a alegria da população.
Josiel Alcolumbre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*